.:: Acessibilidade
Confira a previsão do tempo

Navegantes

Assine nosso Feed
Acompanhe nosso blog
Siga o Tainha no Twitter
>> Inicio >> Navegadores >> Navegantes >> VIAGEM AO FRIO

VIAGEM AO FRIO

Tainhanarede

Foto: ALEXANDER JOE / AFP PHOTO
Foto: ALEXANDER JOE / AFP PHOTO
VIAGEM AO FRIO

Expedição ao continente antártico busca realizar façanha inédita
 
Seis exploradores atravessarão 4 mil quilômetros de gelo em seis meses durante o inverno da região mais fria do mundo
 
Numa aventura classificada como um dos últimos desafios da exploração antártica, um grupo encabeçado pelo aventureiro britânico Ranulph Fiennes, zarpou na segunda-feira da Cidade do Cabo com destino à Antártica.

A expedição de seis integrantes pretende usar esquis para atravessar o continente gelado em pleno inverno no Hemisfério Sul, da Crown Bay, no leste da Antártica, a McMurdo Sound, no oeste, percorrendo uma distância de 4 mil quilômetros em seis meses.

O grupo, que viaja a bordo do navio de exploração antártica do governo sul-africano SA Agulhas, rejeita qualquer tipo de ajuda e até mesmo a possibilidade de ser resgatado. Batizada como A Viagem Mais Fria, a expedição terá início em março, a uma altitude de 3 mil metros, num período em que as temperaturas alcançam mínimas de 90 graus abaixo de zero, com sensações térmicas de até 120 graus negativos em razão dos ventos. A meta é percorrer 35 quilômetros por dia na escuridão do inverno polar para chegar ao ponto final, McMurdo Sound, em setembro. A empreitada de Fiennes e seus companheiros é a primeira tentativa de cruzar a Antártica no inverno.

— Fazemos expedições há 40 anos e batemos muitos recordes no mundo. Na Antártica, já quebramos dois, em 1979 e em 1992, mas foram durante o verão. Ninguém nunca fez viagens no inverno. Partimos em direção ao desconhecido — disse Fiennes.

Uma vez iniciada a aventura, o grupo não terá a possibilidade de ser socorrido, uma vez que, durante oito meses, os navios não navegam no continente gelado.

— Vamos levar mantimentos suficientes para um ano e teremos ainda um médico na nossa equipe. Utilizaremos todos os dispositivos conhecidos de calefação e novos aparelhos respiratórios — ressaltou Fiennes.

Aos 65 anos, o aventureiro escalou o Monte Everest, no Himalaia, e é considerado pelo Livro Guinness dos Recordes o "maior explorador vivo". A caravana tem um objetivo humanitário: arrecadar US$ 10 milhões (cerca de R$ 20 milhões) que serão doados à organização britânica Seeing Is Believing (Ver É Acreditar) para ajudar cegos.



Temperaturas de 70°C negativos

Nem tudo é otimismo entre os tripulantes. Um deles, Anton Bowring, admitiu em seu blog que há "apreensão" entre os aventureiros: "Será extraordinário se nada de ruim acontecer durante a escalada ao longo de 4 mil quilômetros de gelo a temperaturas de 70 graus negativos e escuridão perpétua onde geleiras podem engolir um guindaste de 25 toneladas no piscar de um olho congelado". Numa reportagem sobre a expedição intitulada "Convenhamos, Sir Ranulph Fiennes, É Hora de Pendurar suas Botas de Neve", o jornal The Daily Telegraph, da Grã-Bretanha, pergunta com bom humor: "Sir Ranulph Fiennes nunca se enfiou na cama com um bom livro?"

(Da Agência France Press)

Dois toques

pesca-liberada

Pesca liberada

Pescadores são liberados a começar ...
Mergulhe fundo...
a-vez-do-berbigao

BERBIGÃO

HORA E VEZ DO BERBIGÃOpor Fernanda ...
Mergulhe fundo...
ostras-e-mariscos

Ostras e mariscos

Por presença de toxina, governo ...
Mergulhe fundo...
em-laguna

Em Laguna

Hoje, dia 07/08/14 ás 7h e 16m, ...
Mergulhe fundo...

Tem a ver...

Foto Carlos Ohara / Especial para Terra

POVOS DO MAR

 'Vila Fantasma' no PR corre ...
Mergulhe fundo...
Foto do Arquivo - Tainha na Rede

MAR DE ILHAS


As Ilhas Moleques do Sul, ...
Mergulhe fundo...
foto vídeo

Arquitetos do mar II

    Este documentário, ...
Mergulhe fundo...
Esta obra tem apoio da FUNARTE - Fundação Nacional de Artes